Sinto-me cansado

Sinto-me cansado. Não um cansaço que se dorme e é revigorado, mas uma exaustão extrema que acredito ser consequência da jornada ministerial de 37 anos, sendo 35 na Missão Vida. Isso não significa que eu não ame o que faço. Muito pelo contrário. Talvez, por amar e me envolver diuturnamente com a instituição e seus problemas, o desgaste seja ainda maior. Vejo os campos brancos para ceifa. Vejo o Senhor ordenando para alargar as cercas. No entanto, o fardo é muito pesado.
Ao longo desses anos, a maior dificuldade tem sido financeira e, na minha opinião, dois fatores são determinantes para essa situação: a falta de visão de muitos pastores, principalmente de grandes igrejas, e a falta de fidelidade daqueles que assumem o compromisso em doar mensalmente.
E, diante da situação angustiante que temos vivido, quero pedir encarecidamente a você que recebe minhas newsletters que, se ainda não é um colaborador da Missão Vida, torne-se mantenedor da instituição com doações mensais a partir de R$ 20. Caso já seja um de nossos mantenedores, tente conseguir um novo parceiro. Acredito que, juntos, podemos provocar uma onda de solidariedade.
Aproveito a oportunidade para esclarecer aos irmãos sobre as viagens internacionais que tenho feito. Este ano, já estive em Dubai e Austrália e, na próxima semana, sigo para os Estados Unidos. Ainda neste semestre, com a graça de Deus, irei à Alemanha, Espanha e África. Todas estas viagens são pagas com recursos pessoais e não têm como objetivo levantar recursos, mas sim despertar o coração das pessoas para um envolvimento com Jesus em Sua última colheita, pois creio, de todo o coração, que os dias de Sua igreja no mundo são poucos e estão contados. Ressalto que os valores que invisto pessoalmente nestas viagens não fazem nem “cócegas” nas necessidades atuais da Missão Vida.
Durante 34 anos, eu e minha esposa fomos os maiores contribuintes da Missão e, graças a Deus, no mês de janeiro deste ano, nós perdemos este posto para um irmão querido. O meu desejo é que, dia a dia, eu e Rosane percamos este posto para outros agraciados financeiramente que desejam dividir suas riquezas com o Reino.
Pedidos de Oração
1 – Ore a Deus para que Ele me visite com renovo no físico, na alma e nas minhas emoções.
2 – Interceda pela vida da minha esposa e filhos para que sejam cobertos pelo poder do sangue de Cristo e para que o diabo não toque em suas vidas.
3 – Clame por cada uma das sementes que temos plantado, para que germine, cresça e dê frutos.
4 – Louve a Deus por aqueles que têm segurado a corda financeira e em oração, permitindo que desçamos ao fundo do poço para resgatar os perdidos.
Segue, abaixo, minha agenda dos meses de março e abril.
Com todo meu respeito carinho e gratidão,

Rev. Wildo dos Anjos
Presidente

62 3318 1985 / 62 8126 3674
presidencia@mvida.org.br
www.mvida.org.br


14 03 2018

Voltar Para Pagina de Noticias

Newsletter

Mídia Social