Que Deus é este que não cuida dos meus interesses?

Quem é que, em algum momento da vida, não teve vontade de brigar com Deus por não entender aquilo que Ele estava fazendo na sua vida ou na de alguém bem próximo? Lembro-me de um interno do programa de recuperação da Missão Vida, pernambucano, “cabra da peste”, que após perder a esposa e dois filhos de maneira trágica declarou guerra a Deus. Com um revólver calibre 38 carregado de balas, ele disparou em direção aos céus.

Por muitos anos, não conseguiu se relacionar com Deus. Ele sabia que sua atitude não mudaria nada, mas mesmo assim manteve a guerra. Um dia, de forma amorosa, mansa e suave, como Lhe é peculiar, Deus bateu novamente na porta do seu coração. Constrangido pelo amor e graça do Senhor, ele abriu a porta e pôde experimentar o colo e a bondade do Pai.

Quero compartilhar um belo texto escrito por Ken Korkow que diz: Embora odeie admitir, fico zangado com Deus por um simples motivo: Ele não atende às minhas expectativas! Tento fazer o que penso ser certo e vejo outros fazendo o mesmo. Mesmo assim eu e eles frequentemente somos criticados, encontramos adversidade e resultados que não são justos, enquanto pessoas determinadas a viver estritamente de acordo com seus interesses egoístas, sem considerar o que é certo ou errado, vão muito bem - obrigado! - sem nenhuma contrariedade, apenas vidas felizes e descuidadas.

Você também já sentiu isso? Quanta injustiça! Minha esposa Liz pintou um grande cartaz onde se lê: “Se a vida fosse justa, os cavalos montariam metade do tempo”. Este é meu erro: se pudesse simplesmente reduzir Deus a uma fórmula, fornecer dados corretos e receber resultados certos, evitaria o sofrimento e eu seria capaz de apreciar uma vida fácil.

Esse modo de pensar é errado: Deus não pode ser reduzido a uma fórmula. Se assim fosse, andaríamos por cálculo e não por fé. E não podemos evitar o sofrimento! Ele é uma realidade da vida, e Deus o usa frequentemente para nosso próprio benefício. Por outro lado, não podemos compreender o que Deus está fazendo. Se pudéssemos compreender Deus, então Ele seria muito pequeno.

A Bíblia diz em 2 Timóteo 3.12: “De fato, todos os que desejam viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos”: “Viver piedosamente não vai isolar e impedir você de enfrentar dificuldades. O apóstolo Paulo disse que quanto mais inculpável for sua vida, mais probabilidade haverá que você seja perseguido. As trevas não toleram a luz; quanto mais sua vida iluminar a presença de Cristo, mais você deverá esperar por oposição das forças das trevas".

Sua natureza cristã ofenderá àqueles que estão em rebelião contra o senhorio de Cristo. Talvez esperasse experimentar a benção de Deus imediatamente quando Ele demonstrou Sua aprovação à sua obediência. Em vez disso, você se deparou com oposição. A perseguição pode ter vindo até mesmo de outros cristãos que não compreenderam seus motivos.

Muito de nós pensamos como Ken, mas temos dificuldades em verbalizar o que ele de maneira tão sincera expressa.

O mundo não soube e nem acreditou nas palavras de Jesus. Ele O crucificou e não será diferente com os servos de Deus. Muitas ve-zes nossa fé e compromisso serão evidenciados pela maneira como somos tratados e até mesmo pelas perseguições que sofremos. Tenha bom ânimo: Jesus venceu o mundo e nós também ven-ceremos!

“Bem-aventurados sois quando, por minha causa, vos injuriarem, e vos perseguirem, e, mentindo, disserem todo mal contra vós.” Mt 5:11

Que Deus nos ajude!

Rev. Wildo Gomes dos Anjos
Presidente e fundador da Missão Vida


30 05 2016

Voltar Para Pagina de Artigos

Newsletter

Mídia Social